Páginas

sábado, 3 de outubro de 2009


Carnaubeira da Penha


Carnaubeira da Penha é um município brasileiro do estado de Pernambuco.
Localiza-se a uma latitude 08º19'09" sul e a uma longitude 38º44'41" oeste, estando a uma altitude de 446 metros. Sua população estimada em 2008 era de 12.270 habitantes. Possui uma área de 1010 km².



*História

A ocupação do território acompanhou o ciclo da pecuária, que iniciou nesta região após a expulsão dos holandeses (1654), a partir da Casa da Torre. Os Garcia D´Ávila concederam grandes extensões de terra a seus familiares pelos vales do São Francisco e Pajeú, estabelecendo as primeiras fazendas. Estas ocupações enfrentaram a resistência dos índios que viviam no Vale do Pajeú, do Piancó e do Piranha entre 1694 e 1702, na chamada "guerra dos bárbaros". Esta resistência fez com que muitos abandonassem suas fazendas. A mando da Casa da Torre, o fazendeiro do São Francisco, o coronel Manoel Araújo de Carvalho, combateu os índios e retomou as terras. Os fazendeiros e vaqueiros tornaram a ocupá-las.


A partir da Lei Imperial do Registro de Terras de 1850 iniciou-se a legalização das propriedades. O governo imperial extinguiu os aldeamentos indígenas em Pernambuco entre 1860 e 1880 e os povos indígenas que habitavam a região se deslocaram para locais de difícil acesso, como as serras de Umã e Arapuá.
Pela Lei Municipal nº 02, em 11 de Abril de 1896 o prefeito de Floresta, o coronel Casé, criou o distrito de Penha, a partir de uma povoação existente na região. Chamava-se Penha em homenagem à padroeira, Nossa Senhora da Penha. O povoado vivia principalmente da pecuária bovina e caprina e da agricultura de subsistência (feijão, algodão, milho, arroz, mandioca e batata-doce).
Segundo a lei municipal nº 2, de 19 de Janeiro de 1948 foi criado no município de Floresta o distrito de Carnaubeira, nome dado devido à quantidade de Carnaúbas existente na região. O município foi criado em 1 de Outubro de 1991 e foi instalado em 1993.
Segundo o Instituto Socioambiental, "a Serra do Arapuá possui 47 núcleos populacionais denominado pelos indígenas de “aldeias”, entre eles a Serra da Cacaria, que geograficamente se distingue dos demais por ser um relevo independente". Nestas aldeias habitam índios Pankará, que estão em processo de territorialização, pequenos agricultores não-índios e médios fazendeiros. Segundo o IBGE, também habita a Serra do Arapuá uma comunidade quilombola.





*Dados de Carnaubeira da Penha

Aniversário 01-10
Fundação:11-04-1896
Gentílico:Carnaubeirense
Prefeito(a):Manoel José da Silva (PR)-(2009 – 2012).

*Hino de Carnaubeira da Penha

Surgiu uma cidade entre serras,
Entre palmeiras chamada Carnaubeira.
Esta planta deu origem a nossa terra,
Carnaubeira! De um povo hospitaleiro.

Resplandece a paz em nosso meio,
Com o calor deste sol que nos abriga.    Refrão
Salve ô terra! Que nos acolheu,
Jamais um filho, te esquece, ô mãe querida.

A ti saudamos nossa mãe acolhedora,
Carnaubeira, nosso berço abrasador.
A ti louvamos mãe santa, protetora,
Senhora da Penha, de milagres consagrou.

Com a bravura te defendo, ô terra amada,
Como Herói resistente e incansável.
Teu povo varonil, que hoje branda,
Este hino de gloria, a ti louvável.

Terra santa, agora se exaltou,
Graças aos filhos autênticos, fortes.
Por amor, esta homenagem nos legou,
Com honra, estamos triunfantes.

Eis aqui, todos nós a ti cantar,
Cidade santa, abençoada por deus.
Seio do nosso primeiro lar,
De coração, agradece aos filhos teus.

Solo gigantesco, que nos congratulou,
Mãe sofrida, que no passado sonhou.
Ô terra querida! Hoje a realidade,
É por te chamar: LIBERDADE! LIBERDADE!


Letra: NOÊMIA LOPES DA SILVA
Música: RANIVAN E RANIERE


  NOÊMIA LOPES DA SILVA
   (Autora do Hino de Carnaubeira)

Baixar Hino de Carnaubeira da Penha
http://www.4shared.com/file/154961527/c55b68e3/Hino_de_Carnaubeira.html


*Bandeira de Carnaubeira da Penha



Para representar o nosso município, usamos os símbolos municipais: Bandeira e Hino.

A Bandeira do nosso município foi criada logo após a sua emancipação em 1992, pelo professor HUMBERTO LUIZ LOPES CÃNDIDO, na época, diretor Municipal de Educação.

A Bandeira tem forma de um OCTÓGONO (figura geométrica de oito lados), que representa: os quatro distritos – Carnaubeira da Penha, Barra do Silva, Olho D’água do Padre e Massapé e as quatro Serras – Serra Uma, Serra Arapuá, Serra Grande e Serra das Flores.




O SOL representa esperança de um futuro de brilho e prosperidade.


A ESTRELA simboliza o nosso município no estado.

CARNAÚBA símbolo da origem do nome de nossa cidade.

IGREJA DA PENHA que representa a nossa fé.


Tem quatro cores: AZUL CELESTE, AMARELO, VERDE e o BRANCO com seus respectivos significados: AZUL CELESTE – o céu, AMARELO – o brilho do sol, VERDE – as matas e o BRANCO – a paz.


HUMBERTO LUIZ LOPES CÃNDIDO
  (Autor da Bandeira de Carnaubeira)


*Localização

Unidade federativa:Pernambuco
Mesorregião:São Francisco PernambucanoIBGE/2008 [1]
Microrregião:Itaparica IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes: A norte com Mirandiba e Salgueiro, a sul com Belém de São Francisco, a leste com Floresta (Pernambuco), e a oeste com Belém de São Francisco.
Distância até a capital 502km

*Percurso passo-a-passo

0 Km - Carnaubeira da Penha
0 Km - PE-425 (Em obra)
24 Km - Mirandiba - PE
24 Km - PE-425
36 Km - BR-232
90 Km - Serra Talhada-PE
90 Km - BR 232
166 Km - Custodia-PE
166 Km - BR232
248 Km - Arcoverde-PE
271 Km - Persqueira-PE
307 Km - Sanharó-PE
307 Km - BR 232
322 Km - Belo Jardim-PE
338 Km - Tacaibó-PE
352 Km - São Caetano-PE
352 Km - BR-232 - Luiz Gonzaga
369 Km - Caruaru-PE
391 Km - Bezerros-PE
420 Km - Gravatá-PE
446 Km - Pombos-PE
446 Km - BR-232- Luiz Gonzaga
475 Km - Moreno-PE
475 Km - BR-232-Luiz Gonzaga
502 Km - Recife-PE








*Características geográficas

Área:1.010 km²
População:11.782 hab. est. IBGE/2010
Densidade:11,5 hab./km²
Altitude:446 m
Clima:Semi-árido BShW
Fuso horário:UTC-3




*Geografia

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[6]. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico inferior a 800 mm, o índice de aridez até 0,5 e o risco de seca maior que 60%.
Carnaubeira da Penha situa-se na unidade geoambiental da Depressão Sertaneja. A vegetação nativa compõe-se de caatinga hiperxerófila com trechos de floresta caducifólia. O clima é tropical semiárido, com chuvas de verão. As chuvas iniciam em novembro e terminam em abril, com precipitação média de 431,8 mm.
Carnaubeira é constituída pelo Distrito-Sede e possui os Distritos da Barra do Silva, do Olho D'Água do Padre e do Massapê.
O município de Carnaubeira da Penha está nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Pajeú e tem como principais tributários os riachos Grande, da Carnaubeira, do Brejo, do Agreste, do Angico, do Poço da Pedra, do Boqueirão, do Mingu, do Capim, dos Pocinhos, da Pedra do Açude, do Zacarias, da Cachoeira, do Serrotinho, dos Bodes, do Tapuio, Jatobá, do Forno, do Simão, do Mundé, do Arcanjo, da Malhada Grande, do Carro Quebrado e do Soldado, todos de regime intermitente. Conta ainda com os recursos hídricos das lagoas Redonda, da Caatinga, do Tabuleirote, do Mimoso, da Formosa, do Campo Grande, da Cobra, do Pé de Serra e do Boi.



*Economia

O município produz frutas como banana, umbú, manga, laranja, coco e castanha de caju.
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal-IDH-M é de 0,537, o que situa o município em 180o no ranking estadual e em 5388o no nacional.




Aldeias Indígenas de Carnaubeira da Penha

*ATIKUM

Os Atikum fazem parte de um conjunto de grupos indígenas nordestinos que, menosprezados pela etnologia clássica por serem considerados menos importantes ou aculturados, só começaram a ganhar visibilidade a partir da segunda metade dos anos 1980. Trata-se de grupos que eram vistos como restos ou resíduos de uma etnia ancestral, recebendo o rótulo de remanescentes indígenas.A partir principalmente da virada dos anos 80 para os 90, antropólogos críticos do paradigma da aculturação espalharam-se pelo Nordeste a fim de elaborar monografias entre tais grupos, tornando-os assim mais conhecidos e foco de diversos debates acadêmicos.

Nome. Os membros da "Comunidade Indígena de Atikum-Umã" autodenominam-se índios de Atikum-Umã, em referência a uma ancestralidade. Umã teria sido o "índio mais velho" e pai de Atikum, cuja descendência se criou na aldeia Olho d'Água do Padre (antiga Olho d'Água da Gameleira). Há, entretanto, uma outra versão que afirma ter o nome Atikum surgido durante ritual de toré. No que se refere aos registros documentados, a primeira referência ao nome Atikum data da época do reconhecimento oficial desses índios pelo Serviço de Proteção aos Índios (SPI) na segunda metade da década de 40, quando, em comunicação interna do órgão, o chefe da 4ª Inspetoria Regional comenta, referindo-se ao posto indígena da Serra do Umã, que o primeiro nome do posto foi Aticum, devido provavelmente a um grupo com o qual os "Umans" teriam se mesclado e o qual devia se chamar "Aticum" ou "Araticum". Mas, no final do século passado, no Diccionario Chorographico, Historico e Estatistico de Pernambuco, de Sebastião Galvão, "Araticum" constava como um lugarejo do município de Floresta e, em 1968, Cestmir Loukotka, na sua Classification of South American Indian Languages, indicava "Aticum" ou "Araticum" como a língua extinta de uma tribo que então falava apenas português, em Pernambuco, perto de Carnaubeira. Certo é que a grafia correta para o grupo ficou sendo Atikum e que os índios não estabelecem uma auto-referência como índios Atikum-Umã, mas sempre como índios de Atikum-Umã, indicando uma subordinação à descendência de Umã para Atikum, que formou a aldeia (comunidade indígena).


*PANKARÁ

História

O povo Pankará, semelhante a outros povos situados na região Nordeste, passou por um processo histórico não linear, caracterizado pelo fluxo constante de grupos indígenas nos sertões do Pajeú e adjacências como conseqüência do esbulho de suas terras por tradicionais invasores presentes no cenário político desde o período colonial, retratando, de certo modo, o contexto de dominação política e econômica presente nessa região até os dias atuais.Todo o período do século XVII até início do século XVIII foi marcado pela expansão da pecuária nos Vales do Pajeú e São Francisco promovida pela Casa da Torre, comandada pelos Garcia D’Ávila. Neste período, descendentes de fundadores da Casa da Torre concederam a familiares dotes de terras por todo o riacho do Pajeú, estabelecendo-se as primeiras fazendas sob o controle de famílias de coronéis.Em decorrência, durante todo o século XVIII é comum encontrar referências sobre os índios dessa região como “revoltados”, “dispersos”, “ladrões de gado”, “bárbaros”. As perseguições e guerras contra os índios se estenderam até o século XIX. Neste período também se legaliza o domínio territorial das famílias tradicionais através do Registro de Terras – Lei Imperial de 1850, para garantir a propriedade imobiliária; as do atual município de Floresta foram registradas, pela primeira vez, em 1858 (Ferraz,1999).Com a Lei do Registro de Terras, o Estado Brasileiro favoreceu os grandes proprietários que eram também os chefes políticos locais. Pressionado pelas Câmaras Municipais, reduto do coronelismo no Sertão pernambucano, o Governo Imperial decreta oficialmente a extinção dos aldeamentos em Pernambuco entre os anos de 1860 e 1880, sob o argumento da “ausência da pureza racial”. Neste século os índios desta região eram tidos como “misturados”, caboclos”, “confundidos” com a população local. Em fins do século XIX, muda o discurso nos documentos da época, de índios bárbaros a “descendentes”, “criminosos” e até mesmo a total negação da identidade desses povos (Silva,1996:17).Diante desse contexto, as estratégias encontradas pelos indígenas eram continuar se deslocando para locais de difícil acesso e trabalhar como agricultores, pagando a renda para os “proprietários” das terras ou altos impostos à prefeitura municipal, a exemplo das Serras Umã e Arapuá, uma vez que todo pedaço do território no Sertão do Pajeú já estava de posse dos grandes latifundiários, os mesmos que exercem hoje o domínio político e econômico na região.



Filme Tropeiros de Carnaubeira


Revelando Brasis: filme sobre tropeiros será exibido em festival da Europa

Agência Brasil

Há mais de 50 anos, tropas de homens montados em jumentos levavam cargas de Carnaubeira da Penha, em Pernambuco, para vender nas cidades. Pelo caminho, os tropeiros faziam um tipo de café curioso: misturavam um pouco de água, café e rapadura para adoçar. E jogavam três pedras. Era o chamado café de pedra. Lá de Carnaubeira da Penha, Arthur Gomes dos Santos, um comerciante de 50 anos, filho de um tropeiro, contou essa história em um filme para todo o Brasil e, agora, para o mundo.
Artur foi uma das 40 pessoas selecionadas pelo Ministério da Cultura para participar do programa Revelando os Brasis. A idéia era possibilitar condições às pessoas que não vivem nos grandes centros para produzirem cinema e não apenas assisti-lo.
Depois de passar por vários festivais no Brasil, chegou a hora desses filmes serem mostrados também no exterior. A partir desta quinta-feira (13), eles vão fazer parte da maior mostra itinerante de cinema brasileiro na Europa, chamada Brasil Plural. "Vai ser uma experiência, a gente não sabe ainda como o público vai reagir porque trazem uma estética diferenciada dos demais filmes. A gente quer abrir esse espaço e gerar polêmica, discussão", adianta coordenadora da Mostra, Márcia Paraíso. Até 15 de janeiro, o Brasil Plural vai levar 26 filmes à doze cidades da Alemanha, Áustria e Suíça.
Entre os filmes, está "Os Tropeiros", de Arthur Gomes. Ele descobriu que as pedras eram usadas para esquentar o café. A aventura de contar essa história, em um filme de apenas 15 minutos, não acabou. Pelo contrário, gerou idéias para um próximo capítulo do sonho de ser cineasta, que virou realidade. "Não consegui contar a história dos tropeiros na sua amplitude. Contei apenas dos tropeiros de Carnaubeira da Penha. A história dos tropeiros é bem mais ampla, eu continuo pesquisando e com desejo muito grande de fazer um trabalho maior. Ainda não sei que meios vou usar para fazer, estou sonhando com algum concurso", diz o novo cineasta.
Um dos entrevistados do filme é o próprio pai de Arthur, o tropeiro Alcindo Gomes, de 80 anos. Por meio da experiência vivida por seu pai, Arthur acabou atingindo justamente o objetivo do programa Revelando os Brasis. "Ele nunca foi filmado e nem sabia que a história dele, de tangedor de jumento, tivesse alguma importância pra alguém. Esse projeto, Revelando os Brasis, foi além das expectativas porque conseguiu fazer isso, de repente, três mil pessoas assistem e aplaudem uma história que ele não sabia que tinha interesse pra alguém. A gente se emociona e chora cada vez que assiste", declara Artur Gomes.

*Exibição do filme em Carnaubeira







Dança do Xaxado



Toré




                                                                "Carnaubeirenses"
                   Site:http://www.wilsonewelson.com.br/

Baixar Cd's das festas de Carnaubeira da Penha 
Setembro 2010
*Forro dos Plays
Setembro 2009

Desejo de Menina 30/08/2009 em Carnaubeira da Penha-PE
PARTE I
http://www.4shared.com/file/129865476/e1c5ea2c
PARTE II
http://www.4shared.com/file/129868978/fccf8ca5

*Grande Show de Delmiro Barros...!!! 04/09/2009
http://www.4shared.com/file/140771316/a2731b49/Delmiro_Barros_ao_vivo_em_Carnaubeira_da_Penha_Hugo_Cds_Gravando_Tudo.html


*Bonde W.L.C ao vivo em Carnaubeira da Penha!!04/09/2009
http://www.4shared.com/file/141985170/8f81a7d6/Bond_WLC_ao_vivo_em_carnaubeira_da_penha_setembro_de_2009_Hugo_Cds_gravando_tudo.html

*Menina Moça ao vivo em Carnaubeira da Penha!!04/09/2009
http://www.4shared.com/file/140893195/1448d0aa/Banda_Menina_Moa_ao_vivo_em_Carnaubeira_Hugo_Cds_Gravando_tudo.html

*Os Malricinhos do Forró ao vivo em Carnaubeira da Penha-PE 05/09/2009
http://www.4shared.com/file/141944640/dcaf68f4/Malricinhos_do_forro_em_Carnaubeira_da_Penha_setembro_de_2009.html

*ADELINO REIS EM CARNAUBEIRA 06/09/09
http://www.4shared.com/file/131682185/1e37cce3/Adelino_Reis_em_Carnaubeira_Ao_Vivo_llE_w_e_r_t_o_n_Gravaesll.html

*Raniere e Banda ao vivo em Carnaubeira-PE 06/08/09
http://www.4shared.com/file/131734387/6a5ac4c9/Ranieri_ao_vivo_em_Carnaubeira_06082009_llE_w_e_r_t_o_n_Gravaesll.html

*O Grande Show da Banda Feras em Carnaubeira-PE 06/09/2009
http://www.4shared.com/file/140866237/b76180b6/Bandas_Feras_ao_vivo_em_Carnaubeira_da_Penha-Hugo_Cds_Gravando_Tudo.html


Notícias de Carnaubeira da penha

SENAI FORMA ÍNDIOS NO SERTÃO PERNAMBUCANO




Índios pernambucanos das etnias Atikum e Pankará estão sendo capacitados pelo SENAI Pernambuco para que também possam ingressar no Mundo do Trabalho. Das duas turmas, de 25 alunos cada, desenvolvidas na cidade de Carnaubeira da Penha, Sertão do Estado, cerca de 80% dos estudantes são das aldeias que ficam na região das serra das Crioulas, Umã, Arapuá, Cacaria e outras, nos limites do município.

As formações fazem parte do Programa de Gratuidade do SENAI Pernambuco que, em parceria com as prefeituras, atinge centenas de cidades e vilarejos do Estado. O melhor das qualificações realizadas pelo SENAI são os resultados. Mesmo antes do final da turma de Mecânico de Motocicletas, formação de 300 horas/aula, os índios da tribo Atikum já começaram a empreender e abriram, na comunidade, espaço para conserto de motos.

Fonte: http://www.pe.senai.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1009:2013-09-17-18-30-50&catid=13:noticias&Itemid=34

Carnaubeira da Penha, 30 de Setembro de 2013.


Vagas de Técnico de Enfermagem em Carnaubeira da Penha..De Graça...



SENAI E SEDUC LANÇAM HOJE (28) OS CURSOS TÉCNICOS DO PRONATEC 2012


Investir na educação é sinônimo de futuro. É por essa razão que o SENAI em parceria com a Secretaria de Educação do Estado (Seduc), SENAC e IFPE lançam hoje (28) o edital de abertura dos cursos técnicos do Pronatec 2012. O programa está oferecendo, ao todo, 4.132 vagas em 35 cursos técnicos de nível médio em diversas áreas e tem a finalidade de ampliar a oferta de educação profissional e tecnológica por meio de projetos e ações de assistência técnica e financeira.

Somente o SENAI garantirá o passaporte para o futuro profissional de 2.720 jovens pernambucanos em 17 cursos técnicos. As inscrições ocorrerão no período de 28 de fevereiro a 09 de março, em primeira chamada e de 12 a 23 de março para os retardatários, se houver disponibilidade de vagas. As matrículas acontecerão das 08h às 11h30, das13h às 17h e das 18h às 22h.

Os estudantes interessados deverão comparecer aos locais de inscrição relacionados no edital munidos de declaração de matrícula no 2º ou 3º anos do ensino médio em 2012; cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; cópia do Registro Geral (RG); cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF); cópia do Histórico Escolar do Ensino Fundamental; 02 fotos 3x4 (com nome do aluno e do curso no verso); laudo médico (para pessoas com deficiência, quando necessário).


Pronatec 2012
Os cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em 2012, são destinados a jovens e adultos que estejam cursando o 2º ou 3º anos do ensino médio da rede pública de ensino (municipal, estadual e federal), integrantes do Projeto Travessia ou bolsistas integrais da rede privada. O SENAI oferece os cursos técnicos em Edificações, Administração, Alimentos, Automação Industrial, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Manutenção Automotiva, Produção de Moda, Refrigeração e Climatização, Segurança do Trabalho, Têxtil, Telecomunicações, Vestuário, Logística, redes de Computadores, e Química.


Fonte:http://www.pe.senai.br/index.php?option=com_content&view=article&id=317&catid=13&Itemid=34


 

                                         Como consultar
Para acessar os painéis selecione um município clicando no mapa ou pela barra de rolagens. Você será redirecionado para um menu dividido em três partes: informações gerais, licitações e execução orçamentária e financeira. 

Nas informações gerais o cidadão terá acesso a uma síntese das informações do IBGE sobre o município, tais como população, área, renda per capita e população empregada, por exemplo. 

Na área de licitações o cidadão poderá acessar os dados dos processos licitatórios realizados no município nos anos de 2010 e 2011. 

Na área de execução orçamentária e financeira estão disponibilizadas informações sobre orçamento, receita e despesa pública realizados no exercício de 2011 nas Prefeituras e Câmaras. 

Em todos os painéis será possível ao cidadão interagir com o Portal, navegando pelos painéis, aplicando filtros de pesquisa e exportando os dados para o seu computador. A navegação no portal é bastante intuitiva: basta clicar nos painéis que automaticamente as informações serão reorganizadas de acordo com sua área de interesse.

Um arquivo de ajuda detalhado e uma cartilha explicando os termos técnicos estão disponíveis para os usuários no próprio Portal. 




Carnubeira da Penha 27/11/2011
Fonte: http://www4.tce.pe.gov.br/internet/



PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE CARNAUBEIRA DA PENHA 2011

30/08/2011 - FABIANO E BANDA, RAÇA NEGRA, NOVA GERAÇÃO

31/08/2011 - ARTISTA DA TERRA

01/09/2011 - ARTISTA DA TERRA

02/09/2011 - BANDA VIZÚ, FORROZÃO COWBOYS
03/09/2011 - JOÃO CARLOS , ANÍSIO JÚNIOR
04/09/2011 - GATOS E GAROTOS, GLEIDSON LIMA E FORROZÃO ESTRELA DO NORTE
05/09/2011 - FORROZÃO MENINA MOÇA, DORGE , DJ TREME TERRA
06/09/2011 - NAÇÃO FORROZEIRA, LEO & LENO E FORRO TRÊS DESEJOS
07/09/2011 - MOLEKE DOIDO, BARTÔ GALENO, MANO VALTER primeira



PROJETO DE SANEAMENTO
video








Será Que o Prefeito de Carnaubeira já preparou o PROJETO de SANEAMENTO?
Carnaubeira está precisando muito, o esgoto que foi feito já está estourado em alguns lugares. Possuem várias ruas sem saneamento. Por isso peço em nome da POPULAÇÃO que o senhor prefeito prepare esse projeto  a tempo 
( ATÉ DIA 15/07/2011). 



Máquinas caça-níqueis são apreendidas e quatro pessoas são presas no Sertão

Publicado em 30.11.2010, às 12h01

Do JC OnlineNúcleo SJCC/Caruaru
A Polícia Militar apreendeu nessa segunda-feira (30) em Carnaubeira da Penha, Sertão de Pernambuco, seis máquinas caça-níqueis. Na ação quatro pessoas, acusadas de serem proprietárias das máquinas, foram presas.
A operação aconteceu em vários locais do Centro da cidade. Deilde Joana Rosa, 50 anos; José Moacir da Silva,48; Antônio Antunes Bezerra,25 e Clotilde Joana de Jesus,53 anos todos responsáveis pelos estabelecimentos comerciais e donos das máquinas,foram  presos e levados para a delegacia da cidade.
Os presos estão detidos à espera da decisão da justiça.



CENSO 2010


Código do município: 2603926
Nome do municípioCarnaubeira da Penha
Total da população 2000: 10.404
Total de homens: 6.001
Total de mulheres: 5.781
Total da população urbana: 1.982
Total da população rural: 9.800
Total da população 2010: 11.782


30/11/2010
Fonte: IBGE 


15/10/2010 | 12h32  |  Meta 



Detran promete descentralizar serviços no interior e Grande Recife

Até o final do ano, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) promete implantar  50 novos postos de atendimento em municípios do interior de Pernambuco e da Região Metropolitana do Recife. 
Dois postos já estão em funcionamento, nos municípios de  Agrestina e João Alfredo. Mais seis estão prontos para serem inaugurados nos municípios de Altinho, Lagoa do Ouro, Lagoa Grande, Betânia, Tupanatinga e Carnaubeira da Penha. Outras 32 cidades estão definidas para receberem as Unidades de Atendimento: Itapetim, Santa Terezinha, Ipubi, Trindade, Buíque, Pedra, Chã de Alegria, Lagoa do Carro, Riacho das Almas, Caetés, Calçado, Correntes, Itaíba, Jurema, Palmeirina, Paranatama, Terezinha, São Joaquim do Monte, Feira Nova, Orobó, Bodocó, Abreu e Lima, Itapissuma, Alagoinha, Dormentes, Cedro, Mirandiba, Parnamirim Jataúba, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde e Machados.
Entre os atendimentos que serão realizados nos postos estão: Inscrição para CNH Popular, emissão de DAE avulso (taxas, IPVA, multas, etc.), emissão e segunda via de CRLV, certidão de propriedade, comunicação de venda, atualização de endereço, vistoria e informações sobre serviço de veículos.
Os funcionários que vão atuar no atendimento dos postos pertencem ao quadro funcional de cada prefeitura ejá estão sendo capacitados, com aulas sobre Procedimentos, Legislação e Sistema para Veículos, Habilitação e Recursos de Infração, além de Aspectos Comportamentais do Atendimento ao Público. Cada turma tem carga horária de 32horas/aula. Até o mês de Setembro, 16 pessoas foram capacitadas e  mais 10  estão com a capacitação em andamento. 
Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR 


05/10/2010
 às 22:31

TSE: município de PE dá 92% de votos a Dilma

No primeiro turno da eleição à Presidência, o perfil de cada candidato ficou claro: Dilma Rousseff (PT) é imbatível no Norte e no Nordeste, a base de José Serra (PSDB) fica em São Paulo e no Sul, Marina Silva (PV) tem mais votos nas capitais. Mas, olhando de perto, é possível perceber algumas exceções à regra.
Marina, por exemplo, saiu-se vitoriosa em algumas cidades fluminenses, como Araruama e Casemiro de Abreu. A candidata também fez sucesso na pequena João Neiva, no interior do Espírito Santo. Ela foi a mais votada no município, que tem menos de 11 mil eleitores.
Ao mesmo tempo, a senadora verde obteve percentuais irrisórios em lugares onde o agronegócio fala mais alto: enquanto somou quase 20% dos votos do país, obteve menos de 5% na cidade de Porto Walter, que fica justamente no Acre, seu estado de origem. Em alguns municípios do Mato Grosso, ela não chegou a 2%. Em Trairão (PA), Marina teve 0, 94% dos votos.
Dilma quase unânime – Em Guaribas (PI), terra do lançamento do programa Fome Zero, Dilma Rousseff teve mais de 88% dos votos válidos. Mas o percentual é menor do que Carnaubeira da Penha (PE), que deu 92% dos votos à petista. O município, aliás, contabilizou inacreditáveis 98% dos votos para Eduardo Campos (PSB), que disputava a eleição ao governo.
Mas Dilma também sofreu derrotas em municípios de média importância. Ficou em terceiro lugar em cidades como Cabo Frio (RJ), Arraial do Cabo (RJ) e Tremembé (SP). Em Rio Branco (AC), além de perder para Serra e Marina, ela conquistou apenas 15% dos votos.
Serra no sertão – O candidato José Serra faz sucesso em São Joaquim (SC), cidade famosa pelas baixas temperaturas no inverno. Lá, ele conquistou quase dois terços dos eleitores. Em Portal dos Gaúchos (MT), o tucano obteve mais de 63% dos votos válidos. E, embora tenha perdido no Nordeste, saiu-se com vitórias improváveis.
No Piauí, por exemplo, Serra venceu em apenas um município. Mas com folga: em Uruçuí, na divisa com o Maranhão, o tucano se elegeria no primeiro turno. O mesmo vale para Presidente Tancredo, no interior da Bahia – uma das duas únicas cidades com vitória do tucano, dentre mais de 400 no estado.  Mas Serra vira nanico em muitas regiões do Norte e do Nordeste. Em Maués (AM), não chegou aos 5% de votos.Em Parnamirim (PE), ficou com cerca de 6%. Serra não venceu em um município sequer dos estados de Amazonas, Amapá, Maranhão e Pernambuco.
(Gabriel Castro, de Brasília)





Jovem atropela e mata filha de apenas 1 ano

Publicado em 07.10.2010, às 12h51

Do JC OnlineNúcleo SJCC/Caruaru
Uma tragédia aconteceu na tarde dessa quarta-feira (6) em Carnaubeira da Penha, Sertão de Pernambuco. O agricultor Everli Elzo da Silva, de 25 anos, atropelou a própria filha, de um ano e três meses, quando saía de casa com o carro.
O agricultor mora com a família na Serra do Umã, zona rural da cidade. Segundo a polícia, ele estava saindo de casa com o veículo D-20 e não percebeu que a criança estava embaixo do carro. Ao dar a partida, o motorista passou por cima da cabeça da criança.
Ao perceber que a filha foi atropelada, o pai tentou levá-la ao hospital, mas a criança já estava morta. Elzo se apresentou voluntariamente à delegacia de polícia da cidade e vai responder por homicídio culposo.

*Estradas vão tirar cidade do Sertão do isolamento(Eduardo Campos)    
Fonte: Diário Oficial - Pernambuco-20/10/2009
    “Hoje, é um dia histórico para Carnaubeira da Penha. Esta comunidade, que sempre foi isolada do resto do Estado, vai se tornar um ponto de passagem estratégico do Sertão Central”, disse o governador Eduardo Campos ao visitar, no fim de semana, as obras de pavimentação da PE-425. A rodovia ligará o município às cidades vizinhas de Mirandiba e Floresta.
    Carnaubeira da Penha foi a última cidade visitada por Eduardo Campos, que cumpriu uma extensa agenda de compromissos no Sertão do Estado. A estrada tem cerca de 25 quilômetros e encontra-se em fase de terraplenagem. O Governo do Estado está investindo mais de R$ 11 milhões na obra.
    Para o trecho de 43,40 km da PE-425 ligando Carnaubeira da Penha à cidade de Floresta, o Governador assinou a ordem de serviço para o início das obras. O investimento estimado é de quase R$ 29 milhões O conjunto de obras faz parte de um programa do Governo do Estado lançado para garantir acessos pavimentados a todos os municípios pernambucanos - o Proacesso.
    “A nossa busca é por um Pernambuco mais justo e igual. Por isso temos que dar as mesmas condições a todos. Quando falo em garantir acesso pavimentado é para todos os que ainda não contam com tal benefício, assim como "levar a telefonia móvel será para todas as cidades" , a luz é para todos, a água para todos. Pensamos Pernambuco como um todo”, destacou Eduardo Campos.
    Outras ações também foram anunciadas em Carnaubeira. O Governador e o secretário de Articulação Regional, João Paulo, assinaram convênios do Prorural para construção de cisternas e banheiros. A iniciativa vai beneficiar 132 famílias das comunidades rurais do município. O investimento é de R$ 390 mil.
    Com Humberto Costa, secretário das Cidades, ele fez a entrega de carteiras de habilitação, dentro do programa CNH Popular. Também assinaram convênio para o repasse de recursos destinados à construção da Academia das Cidades e o termo de adesão ao programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal, que vai garantir a construção de 44 mil moradias em Pernambuco.
    O Governador finalizou sua agenda em Carnaubeira da Penha com outra boa notícia para a população local:“Mudamos a forma de distribuição do dinheiro do ICMS. Vamos destinar mais recursos aos municípios pequenos. Só Carnaubeira vai receber R$ 700 mil, verba que deve assegurar à Prefeitura condições de prestar novos  serviços à comunidade”...

    *Eduardo conclui agenda no Sertão
    Fonte:17 de outubro de 2009-Diario de Pernambuco

    O governador Eduardo Campos (PSB) encerra hoje sua maratona pelo Sertão do estado. O socialista resolveu permanecer na região, depois de visitar as obras de Transposição das Águas do Rio Francisco na companhia do presidente Lula (PT), para cumprir uma agenda administrativa em cinco municípios sertanejos. Hoje, o governador estará em Mirandiba, onde inspecionará as obras da PE-425. O investimento é de R$ 11,7 milhões. A previsão é de que o serviço esteja concluído em maio de 2010. Logo depois, seguirá para Carnaubeira da Penha, onde assinará a ordem de serviço para terraplenagem do trecho da PE-425, que liga o município à cidade de Floresta.


    Eduardo Campos em Carnaubeira da Penha em 17/10/2009..Com suas promessas,que a gente espera que seja "CUMPRIDAS"........

    Governador "O POVO" espera que você "CUMPRA SUAS PROMESSAS".....


    PE 425, onde já estão sendo executados serviços de construção dos bueiros, obras de artes, terraplanagem, estudos topográficos e as desapropriações, no trecho de 24 km entre Mirandiba e Carnaubeira da Penha. Estão sendo investidos R$ 11.772.907,34 e a previsão de término dos serviços é em maio de 2010.
    18 Anos de Emancipação 
    01/10/2009


    *Desfile em Comemoração aos 18 anos de amancipação de Carnaubeira da Penha













    Só chove no semiárido pernambucano em janeiro de 2010, prevê Codecipe
    Fonte: pe360graus-30/09/2009



    Até agora, 28 municípios do Sertão e do Agreste decretaram situação de emergência por causa da seca; Defesa Civil afirma que número caiu em relação ao ano passado
    Sol, calor em pouca chuva começam a predominar do litoral ao Sertão de Pernambuco. Essa previsão preocupa 28 municípios do semiárido pernambucano que estão em situação crítica e decretaram emergência por causa da seca. De acordo com a Coordenação da Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), só deve voltar a chover em janeiro de 2010.
    São 19 cidades do Sertão do Estado e outras nove do Agreste. Apesar da quantidade, o tenente-coronel Ivan Ramos (foto), da Codecipe, afirma que o número é menor do que o registrado no fim de setembro do ano passado. “Em 2008, no mesmo período, eram 39 municípios, então chuvas de forma geral foram boas para a maioria das cidades”, disse.
    Segundo ele, para o semiárido, nesse período, há uma fase de estiagem, se caracteriza pela baixa pluviosidade – os municípios do semiárido têm uma média de 500 milímetros por ano, enquanto a média no Recife é de 2.400 milímetros.
    “Isso é agravado pela alta taxa de evaporação, mas é comum para aquela região”, afirmou o tenente-coronel Ivan Ramos. “O Estado fica em alerta acompanhando a situação com as coordenadorias municipais de Defesa Civil”. Mais informações pelo telefone da Codecipe: (81) 3181-2490 begin_of_the_skype_highlighting            (81) 3181-2490      end_of_the_skype_highlighting.

    *Seca faz 28 municípios do interior de PE decretarem estado de emergência
     Fonte: pe360graus-29/09/2009


    Altas temperaturas e baixa umidades também causam prejuízos nas lavouras; agricultores de Cachoerinha, não inscritos no Programa Garantia Safra, se queixam dos prejuízos
    A seca está causando prejuízos nas lavouras. Foi decretado estado de emergência em 28 municípios do Agreste e do Sertão de Pernambuco. 19 deles ficam no Sertão, dentre os quais Betânia, Cabrobó, Carnaubeira da Penha, Exu, Flores, Inajá, Itacuruba, Lagoa Grande, Mirandiba, Parnamirim, Petrolina, São José do Belmonte, Serrita, Tabira e Terra Nova.

    No Agreste mais nove municípios, entre eles: Bezerros, Feira Nova, Riacho das Almas e Cachoeirinha. O nível de água no açude público do Sítio Conceição de Cima, em Cachoeirinha, está bem abaixo do normal, para desespero dos moradores - é nele que a população abastece as casas.
    As lavouras que seriam o sustento das famílias estão perdidas. “O rapaz plantou meio mundo de feijão e perdeu quase tudo. Isso está acontecendo com todo mundo”, contou o agricultor José Correia dos Santos.
    Alguns agricultores reduziram o prejuízo com o Programa Garantia Safra, uma ajuda do Governo Federal de quase R$ 600, mas infelizmente o benefício ainda não chegou a Cachoeirinha. “Tem que estar cadastrado no Estado, porque é um recurso federal, mas não tivemos tempo de fazer isso”, justificou o secretário de Agricultura da cidade. “Mas estamos tomando providências para que os agricultores recebam caso haja perda”.

    *GARANTIA SAFRA

    O Programa Garantia Safra faz parte do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e visa garantir uma renda para a família que tem perda por excesso hídrico ou estiagem. Para fazer parte do programa, o agricultor tem que plantar em uma área entre 0,6 e 10 hectares, ter renda mensal de um salário mínimo e meio e ser do semiárido.
    “Além disso, o município deve fazer adesão no Governo do Estado”, explica a coordenadora do Programa Garantia Safra em Pernambuco, Edivânia Vidal (foto 1). “O agricultor tem que procurar o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural da sua cidade ou uma associação do município que conceda a DAP, declaração de aptidão para o Pronaf”.
    Para a safra 2009-2010, o curso da adesão é de R$ 6 para o agricultor, R$ 18 para o município e R$ 36 para o Governo do Estado, por cadastro. “Havendo perda, o agricultor recebe quatro parcelas de R$ 150, totalizando em R$ 600”, disse Edivânia Vidal. “É o segundo maior programa do Brasil, depois do Bolsa Família, atende 700 mil agricultores do semiárido do Nordeste, parte de Minas Gerais e do Espírito Santo”.

    *METEOROLOGIA

    As previsões meteorológicas para os agricultores do semiárido não é muito animadora. Se na Região Metropolitana do Recife e no litoral a previsão é de pancada de chuvas e sol apenas no fim do ano, no Sertão e no Agreste, as altas temperaturas e o tempo seco predominam. Os extremos do clima em todo o Brasil são explicados pelo mesmo fenômeno: o El Niño.
    "Estamos em uma área abaixo do equador, nessa área a situação está invertida”, explica a diretora do Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamep), Franci Lacerda (foto 2). “Todos os anos acontece isso. O que falta é uma política de convivência com o clima semiárido. Neste ano, choveu acima do normal, a taxa de evaporação foi alta, acima de cinco milímetros por dia, mas não há um direcionamento para que o agricultor conviva com esse tipo de clima”.
    Apesar do tempo seco e quente, pode chover granizo no Sertão este ano, alerta a especialista do Lamep. “Em anos em que o fenômeno El Niño aparece, como neste que ele vinha intensificado, podem ocorrer pancadas de granizo intensas na região. Predominam as temperaturas altas e os sucessivos dias sem chuvas, mas pode haver chuva intensa com possibilidades de granizo em áreas localizadas”, disse Franci Lacerda.
    “O agricultor pode esperar, além das altas temperaturas, umidade relativa baixa no Sertão, o que causa desconforto nas pessoas e nos animais. Podem ocorrer, em dezembro e janeiro, chuvas associadas ao fenômeno de vórtice ciclônico, mas em áreas isoladas”. De acordo com ela, a umidade relativa baixa também traz uma série de doenças relacionadas a vetores de vírus, além de baixar a qualidade de vida das pessoas.

    Livros que vale a pena ler!!


    *O Caçador De Pipas(Khaled Hosseini)
    Baixar:http://www.megaupload.com/?d=TSE6LDQS






    *Nunca desista de seus sonhos (Augusto Cury)


    Baixar:http://www.4shared.com/file/111289096/91520445/livro_O_VENDEDOR_DE_SONHOS_-_Augusto_Cury_www_rsmp3_com_.html

    *Meu Pé  De Laranja Lima (José Mauro de Vasconcelos)